De todos os usuários Linux no desktop, certamente os que mais esperam melhorias no sentido de drivers são os usuários de placas AMD, a empresa não trabalhou fortemente no desenvolvimento de drivers para o Linux durante muitos anos e só agora ela vem abordando o assunto de uma maneira mais séria.
Driver AMD para Linux
 A AMD anunciou o GPUOpen, um conjunto de ferramentas e SDKs de código aberto para ajudar no desenvolvimento de drivers de código aberto, a iniciativa serve para dar a possibilidade dos desenvolvedores melhorarem o AMDGPU, o driver de open source que é integrado com o Kernel Linux.
A ideia por trás disso é melhorar a competitividade com a Nvidia, a AMD sabe que está em segundo lugar em números de vendas e os novos recursos que poderão ser desenvolvidos para as placas da empresa poderão trabalhar como um diferencial em relação à concorrência, o GPUOpen é semelhante ao NvidiaWorks.
Pela primeira vez ficou claro qual é a ideia da AMD com seus drivers de código aberto, anteriormente havia ficado a impressão de que com o tempo os drivers da AMD teriam seus códigos abertos, entretanto, agora está claro que isso é uma meia verdade. O AMDGPU, que é o driver de código aberto que é (e será) embutido no Kernel Linux à partir da versão 4.2 cumprirá a função de apenas fornecer funções básicas para os chips, quem quiser usar o a placa de vídeo para jogar precisá do novo driver CRIMSON e este continuará de código fechado.
Fonte(s): DIO LINUX

Source: DIO LINUX