A tendência dos aparelhos celulares (MS80) a terem duas telas frontais está começando a alcançar os aparelhos mais populares.Anunciado no dia 06 do mês de fevereiro pela fabricante Multilaser, o MS80 é o mais novo smartphone popular a ter essa característica.

  • Design

O MS80 tem design de alumínio, leitor de impressões digitais na traseira e tela de 5,7 polegadas (1440 x 720 pixels), ocupando 83% da sua parte frontal.

  • Hardware

Fugindo das tradicionais parcerias com processadores da MediaTek ou SpreadTrum, desta vez a Multilaser adotou o octa-core Snapdragon 430.

Desta forma, o MS80 conta com configurações mais parrudas com opções de 3 ou 4 GB de RAM e 32 ou 64GB de armazenamento interno, podendo expandir-se para o microSD.

  • Câmeras

Na câmera da frente existem dois sensores, um com 20 e outro com 8 megapixels com lente angular, permitindo selfies com abertura de até 120º.

Na parte posterior, a câmera é de 16 megapixels.

Possui algumas funções como modo retrato, que desfoca o fundo da selfie e o smile que bate a foto quando todos sorriem como algumas opções avançadas de softwares.

  • Bateria e outras especificações

A bateria do Multilaser MS80 é de 3.000 mAh e o aparelho possui duas entradas para Nano-SIM com bandeja independente do cartão de memória.

O sistema operacional é o Android 7 Nougat muito parecido com o do Google e o aparelho encontra-se disponível nas cores grafite e dourado.

Na sua caixa, além do smartphone MS80, a Multilaser coloca à disposição do usuário uma película protetora e uma capa de silicone. Mas peca por não ter fones de ouvido.

  • Preço

Um fato curioso é a semelhança de valor entre os modelos. Enquanto um modelo mais modesto custa R$1.149 o outro sai por R$1.190.

Pouca diferença que causa estranheza pois os modelos são de 3GB de RAM com 32GB de memória interna e 4GB de RAM com 64GB de memória interna, respectivamente.

O modelo mais potente deve ser concorrente direto do LG Q6+, que, no Brasil tem um valor bem mais caro, em torno de R$1.599,00.