O iPhone é muito seguro e, como tal, depois de inicializado com o Apple ID e palavra-passe de acesso ao sistema, dificilmente alguém conseguirá “arrancar” alguma informação do interior do equipamento. Depois, com o novo sistema de leitura biométrica, que apareceu no iPhone 5S, já nem o código de acesso precisamos de colocar indiscretamente, aumentando a defesa dos dados no interior do iPhone.

Mas, como diz o ditado popular, mais vale prevenir que remediar e deixamos 5 dicas para tornar o seu iPhone super seguro.

pplware_iphone_seguro00

Se perdermos o iPhone, dificilmente alguém fará alguma coisa com ele. Claro que não dizemos que é impossível ter acesso aos nossos dados e até mesmo desbloquear (se bem que até hoje foram mais as teorias que as provas dadas), nas neste mundo dos “inconseguimentos” nada é impossível.

Siga estes passos e o seu iPhone tornar-se-á num “bunker”, o que lá estiver dentro estará à prova de bandidagem ou de curiosos.

 

1. Use Código de Acesso

Usar um código de acesso ao iPhone é essencial. Os mais recentes, com leitor biométrico Touch ID, facilitam esse processo mas mesmo assim exigem que tenham um código, antes apenas de 4 dígitos, agora no iOS 9 passaram a ser também de 6 dígitos. Pode complicar, colocando para isso um acesso mais complexo, com utilização de números, letras e até símbolos para dificultar a vida a quem está a espreitar. Mas tenha sempre uma protecção, não facilite.

pplware_seguranca_iphone01

Para activar, alterar e fazer várias outras acções, vamos a Definições > Touch ID e código. Clique para entrar e clique na opção Activar código. Agora coloque o código de 6 dígitos. Poderá alterar o código, voltando à opção menos segura do PIN de 4 dígitos, assim como poderá utilizar um código alfanumérico personalizado. Para isso ,junto ao teclado numérico, clique na opção Opções de código e verá a imagem em cima.

 

2. Desactivar opções no ecrã bloqueado

Mesmo com uma palavra-passe robusta, o Siri pode passar informação valiosa sobre o que temos dentro do iPhone a quem possa ter encontrado o nosso dispositivo perdido ou que o tenha “subtraído”. Assim, para manter o Siri calado, vamos desligar o assistente virtual do ecrã bloqueado.

pplware_seguranca_iphone02

Para o fazer vamos a Definições > Touch ID e código. Clique para entrar e no grupo PERMITIR ACESSO QUANDO BLOQUEADO: desligue o Siri e já agora o Wallet. Veja também se quer remover do ecrã as notificações e a Agenda para o dia, sugeríamos também que não mostrasse isso, ninguém tem nada a ver com essa informação, caso perca o seu telefone pode haver ali informação preciosa, mas é uma decisão sua. No caso das mensagens, idem aspas.

 

 

3. Desactivar a Central de controlo do ecrã bloqueado

Outra das formas dos “piratas” terem acesso ao seu iPhone ou pelo menos ganhar algum tempo para contornar o bloqueio da palavra-passe de acesso ao interior do sistema é activar o Modo voo a partir da Central de controlo. Dessa forma não conseguimos, nós proprietários do iPhone, saber onde está o smartphone através da app Encontrar iPhone. Por norma costumo mesmo sugerir que as pessoas desliguem o pedido do PIN do cartão SIM para que quando o iPhone se ligue diga logo onde está (sim, as pessoas podem retirar o cartão e usar noutro telefone, é verdade, mas assim fica a saber quem tem o seu iPhone).

pplware_iphone_seguro03

Para evitar que desliguem os recurso de comunicação do iPhone, principalmente porque podem não ter a inteligência de remover o cartão SIM de imediato ou estar perto de uma rede Wi-Fi que esteja gravada no iPhone, vamos desactivar a Central de controlo do ecrã de bloqueio.

Para isso vamos a Definições > Central de controlo e desactivar a opção Com o ecrã bloqueado.

 

4. Activar Encontrar iPhone

Já falámos muitas vezes nesta ferramenta da Apple. Há milhares de casos por esse mundo fora onde esta ferramenta ajuda a encontrar o iPhone roubado ou perdido. Mesmo que tenha ignorado as 3 regras anteriores, é muito importante que esta ferramenta esteja sempre ligada. Há uns quantos que a desligam com medo que as esposas ou namoradas os localizem!!! Pois, elas depois vão pela conta online iCloud.com e como sabem as credenciais deles procuram pelo iPhone e sabem onde eles estão. Se não querem isso, mantenham a vossa conta só vossa ou então “quem não deve não teme”.

Mas claro que esta ferramenta é importante porque depois online, exactamente pelo serviço iCloud.com (ou mesmo pela app noutro iPhone ou iPad), podemos monitorizar o iPhone roubado ou perdido e saber onde está, que quantidade de energia tem na bateria e podemos fazer mais algumas acções, como alterar ou colocar um código de acesso, apagar o conteúdo e inutilizar o iPhone e… algo que já vi dar muito jeito, fazer disparar um som bastante audível, que dá conta do iPhone quando estamos perto dele.

pplware_iphone_seguro04

Para activar o Encontrar iPhone vamos a Definições > iCloud. Nas várias opções procure Encontrar iPhone. Clique em cima e dentro active as duas opções, quer a Encontrar iPhone quer a Enviar última localização.

 

5. Activar a autenticação de dois factores no Apple ID

O último reduto dos utilizadores Apple é o Apple ID. Os hackers, larápios, pessoas mal intencionadas, mafiosos piratas ou ardilosos putos curiosos sabendo isto… então adeus a tudo o que andamos a fazer até aqui.

A Apple há uns tempos, mais concretamente em Março de 2013, adicionou uma camada de segurança adicional ao serviço Apple ID. Desde essa altura os utilizadores podem activar a autenticação em dois factores, processo esse que permite aumentar a segurança aos utilizadores. Para isso terão de introduzir um código adicional em conjunto com a palavra-passe desse mesmo serviço.

pplware_iphone_seguro05

Como activar a autenticação de dois factores no Apple ID

Set up two-step verification at My Apple ID (appleid.apple.com):

  1. Aceder ao site de gestão My Apple ID e autenticar-se;
  2. Seleccionar “Palavra-passe e segurança”;
  3. Na zona Verificação de 2 Passos, seleccionar Iniciar e seguir as instruções apresentadas.

Após a sua activação o utilizador apenas poderá contar com a sua palavra-passe e o código de segurança para autenticação. Todas as questões de segurança deixaram de ser apresentadas.

 

Em resumo…

Siga estas dicas, tenha o iOS actualizado e poderá ter a certeza que quem ficar com o seu iPhone não vai longe. Muitos que estão à venda e por preços baratos, porque não os conseguem desbloquear, estão à venda para peças ou para enganar os mais incautos. Cuidado que muita gente quer fazer negócios com iPhones roubados que são inúteis porque estão bloqueados.

Via: pplware

Fonte(s): pplware

 

Source: New feed pplware Linux