Em 2013 a Crystal Dynamics nos presenteou com um reboot de Tomb Rider que foi um dos melhores jogos daquele ano. Fomos apresentados a uma Lara Croft imatura e inexperiente que foi evoluindo ao longo de sua jornada e adquirindo a frieza necessária para se manter viva em um ambiente totalmente hostil. Agora, dois anos depois, temos a oportunidade de colocarmos as mãos em Rise of the Tomb Raider, que nos apresenta uma Lara mais experiente e amadurecida em busca de seus próprios objetivos.

O início do jogo já entrega seu cartão de visita com cenas de pura adrenalina em um ambiente gelado e extremamente perigoso. Uma marca registrada que os fãs da série puderam apreciar no título anterior e também poderão apreciar aqui. Nesta sequência, Lara vai combater um exército de mercenários que está sendo comandado por uma organização conhecida como Trindade e que está em busca da fonte da imortalidade. Além de lutar contra esses mercenários, todas as habilidades de Lara serão levadas ao limite mais uma vez para garantir sua sobrevivência.

Algo fundamental em Rise of the Tomb Raider é coletar o maior número de itens possíveis. Pressionando o botão “LS” acionamos marcadores dourados no cenário que além de mostrar o caminho para o próximo objetivo, também revela os itens com os quais podemos interagir. Esses itens, além de nos oferecerem recursos para aprimorarmos nossos equipamentos, também poderão salvar nossas vidas. Coletar ervas de cura, como o próprio nome diz, permite que Lara possa restaurar sua saúde. Cogumelos venenosos podem ser usados nas pontas das flechas, e minerais presos em rochas se tornam explosivos.

Read more…

Source: New feed Brasil Gamer Xbox 360